estrella-and-textestrella-and-text-disabeldestrella-and-text
estrella-and-text

Passeios de fim de semana

Se desejar conhecer mais o país, mas não tem tempo suficiente, um passeio de fim de semana é uma maneira perfeita para explorar melhor o Uruguai. Os seguintes lugares são facilmente acessíveis em ônibus em poucas horas.

  • Estancias: Não muito distante da cidade de Montevidéu podemos encontrar uma área de planícies abertas onde se pode experimentar a vida tranquila do campo e desfrutar de diversas atrações do turismo rural em uma estância. Você pode passar o fim de semana longo relaxando e renovando-se com o ar fresco rural. Os visitantes mais ativos podem desfrutar das piscinas de natação, das cavalgadas, das caminhadas, e também das comidas e produtos típicos regionais (por exemplo, o tradicional churrasco).
  • Regiões

Maldonado
Além de sua maior estrela, o balneário Punta del Leste, outras possibilidades são:

Punta Ballena

Punta Ballena é um acidente geográfico ao sul de Punta del leste que se estende alguns quilômetros pelo Rio de la Plata, e é limite natural entre a Baía de Maldonado e a de Portezuelo. A beleza natural da vista da enseada, em cujo porto natural se realiza diversos esportes náuticos, combina com a famosa Casa-Oficina-Galeria de arte Casapueblo, desenhada pelo artista plástico Carlos Páez Vilaró.

Piriápolis
Este pequeno balneário que nasce de uma fantástica história na qual se misturam o ideal de uma cidade autônoma, a alquimia, os amores ilegítimos, os lutos e os suicídios, possui uma orla que lembra a algumas orlas europeias. Está rodeada por elevações que entram pelo mar como o imponente Cerro del Toro, um possível cemitério indígena, de onde se pode ter uma vista privilegiada da cidade. Também, pode-se visitar o Castillo Pittamiglio ou o de Piria, escalar o Pan de Azúcar ou passar à tarde perto da Fuente de Venus. Piriápolis foi o cenário de um dos filmes uruguaios mais conhecidos: Whisky.

Rocha

A atlântica costa de Rocha é uma das principais atrações do país, que, além disso, se une com outras opções onde a natureza se apresenta de maneira mais agreste e natural, como suas lagoas e banhados. Este departamento possui praias quase desabitadas e também alguns dos balneários mais procurados.

Rocha Uruguay

Punta del Diablo
O caráter excepcional de Punta del Diablo é oferecido por suas praias lindas e o ambiente relaxado próprios para o descanso, para praticar esportes aquáticos como surf e para desfrutar da intensa agitação noturna. O estilo rústico do povoado, rodeado por bosques e dunas, abriga uma pequena quantidade de casinhas, restaurantes e pontos de artesanato. As noites estreladas e as ruelas sem asfalto iluminadas por pequenos lampiões a vela é um dos seus postais mais surpreendentes.

Cabo Polonio
Esta reserva natural está localizada numa pequena península rodeada de extensas e desertas praias paradisíacas. Seu acesso é limitado, uma vez que só podemos fazer em caminhonetas e também não possui fornecimento de luz e água por ser uma área protegida. Os casarios esparramados em volta do farol, entre as dunas e as rochas, faz parecer um lugar evadido da civilização, onde o tempo e o conforto já não parecem ser necessidades. Este enclave oceânico tranquilo possui também uma série de ilhotas que se converteram em colônia de lobos marinhos. Uma travessia habitual, dado a proximidade com o outro balneário, é a caminhada através das dunas até Valizas, que pode ser realizada em duas horas aproximadamente.

La Paloma
As casinhas de estilo alpino, as ruínas, o farol e a ilha La Tuna, em frente às praias do balneário, são algumas das marcas de identidade desta escala inevitável durante o percurso da costa rochense. Suas praias principais, a Aguada, Costa Azul, a Balconada, Anaconda e o Cabito apresentam diferentes características que atendem a gostos variados: rochosas, com ondas, de águas mais tranquilas, profundas e zonas de pesca. Com toda a gama de serviços para o turista, a cidade é, também, destino dos amantes do surf. Daí se podem visitar a laguna de Rocha para fazer apreciação de aves.

Parque Santa Teresa
Este parque de 3.000 hectares possui mais de 2 milhões de árvores e uma exótica flora autóctone. Suas praias de ondas profundas convidam a milhares de pessoas que acampam durante todo o ano num complexo, um roseiral, uma piscina semi natural, um mirante, um aviário e a Fortaleza de Santa Teresa, criada para a proteção da franja costeira pelos espanhóis no século XVIII. Daí, também, pode-se visitar a Laguna Negra.

Bosque de Ombúes

Na beira da Laguna de Castillos, refúgio natural de várias espécies animais, está localizada numa área de 20 km a maior agrupação de umbus da região, que converte este bosque em um verdadeiro reservatório natural de colossos. A paisagem que conforma é muito interessante pelas curvas pronunciadas das grossas e compridas ´´lianas do diabo“, ao unirem-se às árvores, e pelos ocos pronunciados entre as raízes que dão lugar a formações estranhas e dignas de admirar. A fauna local consiste em lagartos, doninhas, raposas, gambás e gatos monteses, entre outras espécies.

Propomos visita-lo através de um passeio em bote pelas águas do arroio Valizas.

Paysandú

Termas del Guaviyú
A profundidade das piscinas deste complexo turístico termal não supera os dois metros. Suas águas, cuja temperatura média é de 38ºC, contém um alto componente de minerais como cálcio, magnésio, potássio e flúor, razão pela qual se atribuem propriedades curativas e anestesiantes. Também podemos visitar nos seus arredores o planalto de Artigas, que possui o maior monumento de Artigas do país, em volta do qual se estende um grande parque com exóticas espécies de árvores.

Salto

Termas del Daymán
Este complexo, um dos mais importantes da região, se instala na terma de águas mais quentes, cuja temperatura ascende a 42ºC. Sua água é pura, radioativa e mineralizada pelo que resulta ideal para a crenoterapia. A paisagem que a rodeia combina a costa de Paysandú com uma grande quantidade de árvores e flores. O parque aquático termal Acuamanía é o de maior destaque da América do Sul. O complexo Hidrotermal Daymán, uma instituição de alto nível científico e ético, conta com saunas, piscinas individuais, hidrojets, jacuzzis, piscina de ozônio, duchas escocesas e suecas, áreas de musculação e de fisioterapia com um excelente equipamento, ideal para os tratamentos reumáticos, traumatológicos, nevrálgicos e músculos esqueléticos.

Lavalleja

Salto del Penitente
Nos limites da bela paisagem das serras, e a poucos quilômetros da cidade de Minas, se encontra esta cachoeira de 60 m. de altura, cuja corrente forma uma série de lagoas e piscinas naturais de água cristalina, ideais para o desfrute dos visitantes. Conta com uma infraestrutura de um moderno parador com vista panorâmica, um refúgio para passar a noite e oferece uma série de atividades como cavalgadas, travessias para a apreciação da fauna e flora, escalada em paredes naturais de 13 a 30 m., rappel e canopy.

Villa Serrana
Um pequeno povoado, originalmente uma vila de descanso de estilo europeu, que se encontra entre os vales dos arroios Penitente e Marmarajá. Aloja uma centena de casas, na sua maioria, destinadas a aqueles que buscam um lugar afastado das cidades para desfrutar o ambiente natural. Alguns passeios típicos são as visitas ao Cerro Arequita, maciço rochoso de 305 metros de altura que abriga três grutas, e a ilha de Ombúes ou as cavalgadas.

Treinta y Tres

Quebrada de los Cuervos
Este acidente geográfico em forma de garganta, formada pela passagem das águas cristalinas do arroio Yerbal Chico, onde abundam os corvos de cabeça vermelha, preserva uma grande quantidade de espécies animais e vegetais. Apesar deste paraíso cravado nas serras agrestes possuir uma ampla gama de serviços para os turistas, é uma área protegida onde se pode realizar varias atividades de eco turismo.

 

 
Junte-se a nós e siga-nos no